Agendamento on-line

Agendamento Ícone Agendamento de Consulta

Agendamento Usuário Ícone
seg. a sex. 11. 97197-1234
Dr. Vitor Cervantes Gornati

Dr. Vitor Cervantes Gornati

Cirurgião Vascular
e Endovascular
CCRM 135239 / RQE 48202
Agendar
Dra. Karen Utsunomia

Dra. Karen Utsunomia

Cirurgião Vascular
e Endovascular
CRM 139678 / RQE 51452
Agendar
Dr. Daniel Faccioli Lopes

Dr. Daniel Faccioli Lopes

Cirurgião Vascular
e Endovascular
CRM 139544 / RQE
Agendar
Ícone mapa

Pacaembu

Av. Pacaembu, 1882 - São Paulo/SP

Ícone mapa

Bela Vista . Sírio Libanês

Rua Dona Adma Jafet 71, CJ 64 - São Paulo/SP

Tratamento Cirúrgico da Safena

Clínica Total Vascular Agendar Consulta Online

Tratamento Cirúrgico da Safena

A cirurgia da veia safena se faz necessária quando a veia não faz mas sua função.

Quando a veia safena está saudável, ela pode ser usada na realização de uma ponte de safena do coração.

Entretanto a veia safena pode ficar comprometida (virar varizes), impedindo de ser usada em uma cirurgia do coração, sendo assim, o Cirurgião Vascular poderá apresentar a opção de remover a veia safena para evitar complicações futuras e sintomas desconfortáveis. A retirada da veia safena pode ser feita através de uma cirurgia convencional ou através de uma intervenção com laser para varizes, onde será possível secar a safena sem a necessidade de grandes cortes.

Cirurgia da safena

A retirada da veia safena é indicada quando está entupida, sem força e excessivamente dilatada, neste caso a veia safena não conseguirá levar o sangue das pernas para o coração. Com a perda da sua principal função ela poderá causar dores, incomodo e dificultar a circulação do sangue na região dos membros inferiores.

Após o médico vascular identificar que a veia safena está comprometida, ele poderá indicar a retirada da safena através do método cirúrgico convencional, onde o procedimento é feito em centro cirúrgico, com anestesia raquidiana ou geral, e o tempo de cirurgia, geralmente, é de cerca de 2 horas. Como mencionado, o laser seria uma outra opções menos invasiva de tratar a safena sem cirurgia.

Tratamento Cirúrgico de Safena

Tratamento Cirúrgico de Safena

Além de ler este texto aproveite para agendar uma consulta e converse pessoalmente com um dos médicos da Total Vascular

AGENDAR

A safena é uma grande veia que vai da virilha, passa pelo joelho, onde se divide em duas, a safena magna e a safena parva, que continuam até os pés. Apesar do seu tamanho, a retirada da veia safena não é prejudicial a saúde, pois existem outros vasos, mais profundos, que são mais importantes para o retorno do sangue para o coração.

Total Vascular banner tratamentos conteudo safena

Entretanto, se as veias safenas ainda estiverem funcionando, deve-se evitar a sua retirada, pois a veia safena é útil para a realização da ponte de safena, caso necessário, que é a cirurgia em que a veia safena é implantada no coração para substituir as coronárias entupidas do coração.

INDICAÇÃO

A cirurgia de safena é indicada em algumas situações, como por exemplo:

  • • Quando há risco de que as veias inchadas não resistam e rompam;
  • • Atraso na cicatrização das varizes;
  • • Formação de coágulos dentro das varizes.

Essas situações deverão ser avaliadas pelo angiologista ou cirurgia vascular, que são os especialistas em tratar esse tipo de condição, que decidirá quando a cirurgia de safena será necessária.

RISCOS

Apesar de ser uma cirurgia com poucos riscos, a safenectomia pode ter algumas raras complicações, como a lesão de nervos próximos à veia, o que pode provocar formigamento e perda da sensibilidade, além de sangramento, tromboflebite, trombose da perna ou embolia pulmonar.

Veja os cuidados que se deve ter antes e depois de uma cirurgia para evitar estes tipos de complicações.

RECUPERAÇÃO

No pós-operatório após a retirada da veia safena é orientado ficar de repouso, preferindo estar com as pernas elevadas, por 1 semana, além de:

  • • Utilizar meias elásticas para a compressão das pernas;
  • • Usar medicamentos para controle da dor, como anti-inflamatórios e analgésicos, prescritos pelo médico;
  • • Não fazer exercícios ou se expor ao sol por 1 mês.

Além disto, deve-se manter os locais dos pontos limpos e secos. Também pode-se usar pomadas para aliviar os hematomas, como o hirudoid, por exemplo.

 

 

 

Envie suas dúvidas para a Total Vascular